União Europeia gasta milhares de euros em projeto “Drag Queen” de educação para jovens

Recentemente, apurou-se que a União Europeia vem gastando centenas de milhares de euros em educação “Drag Queen” para jovens na Europa. Os países mais beneficiados são Alemanha, Espanha e Eslovênia, conforme apurou o Breitbart News.

A informação veio do parlamentar europeu Nicolaus Fest, do AfD, partido que representa a direita na Alemanha e é odiado pelo establishment político daquele país.

Os contratos dão conta de que ao menos € 221,550 euros foram gastos no programa Erasmus+ , idealizado para promover “Drag Queens” para jovens em toda a Europa.

“O programa, que se destina a apoiar os jovens na educação, formação e desporto, tem à sua disposição cerca de 26,2 mil milhões de euros. Foi revelado que o dinheiro do contribuinte foi diretamente para o financiamento de projetos Drag LGBT, como ‘Dragtivismo’ em Barcelona, Espanha, ‘Drag It Up!’ em Berlim, na Alemanha, e ‘United with Pride’ na Eslovênia, terra natal Melania Trump, ex-primeira-dama”, acrescentou o Breitbart.

No site oficial da União Europeia (clique aqui no link), os objetivos do projeto são listados nos seguintes termos:

“Eles conhecerão a rica e diversificada cena drag e queer [gays] em Berlim e aprenderão sobre os contextos históricos, sociais e políticos do drag, ativismo queer e arte queer.”

Em outro trecho o projeto afirma pretende criar um espaço mais seguro para jovens queer de toda a Europa serem eles mesmos, tanto no intercâmbio de jovens quanto em suas vidas diárias após o projeto.”

Criticando o desperdício de dinheiro da União Europeia, que hoje é quase toda tomada pela agenda progressista, Nicolaus Fest disse que:

Ao desperdiçar dinheiro dos contribuintes em aulas de batom e lingerie rendada para homens, a UE está mostrando que está determinada a perseguir uma agenda de lacração custe o que custar. Esse desperdício é outra parte da série de guerra cultural em andamento da UE, com este episódio talvez mais apropriadamente rotulado como a Batalha do Bulge. Esse absurdo faz você querer verificar a data e torcer para que seja o Dia da Mentira, mas, infelizmente, essa é a trágica realidade.”

A agenda LGBT e transgênero cresceu vertiginosamente nos últimos anos. Ainda que não encontre apoio orgânico e espontâneo em boa parte da população, ela já domina o mundo corporativo, o entretenimento e as artes.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: