Nova porta-voz de Biden: “se você não é branco, homem, ou heterossexual, há um alvo nas suas costas”

A nova porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, tem histórico de ativismo de extrema esquerda e em várias ocasiões acusou os Estados Unidos de ser um país eivado de racismo sistêmico.

“Eu só acho que a América tem um grande problema com a raça. E é muito real e ainda temos que lidar com isso”, disse Karine em 2019 para o canal PBS.

No livro em que conta as suas memórias, ela chegou a dizer que “eu sempre digo, se você não é branco, homem, heterossexual ou rico, você está sob ataque, quero dizer, há um alvo nas suas costas.”

Karine Jean-Pierre é assumidamente homossexual e vive com a parceira Suzanne Malveaux, jornalista da CNN, que também cobre pautas políticas em Washington.

O relacionamento entre as duas causou polêmica na última semana, quando se confirmou que Karine ia ser a porta-voz da Casa Branca. Muitos viram aí um conflito, com a possibilidade de Suzanne Malveaux receber informações privilegiadas ou com antecedência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: