Twitter suspende conta de conservadora por dizer que transgênero levantador de peso é homem

Na semana passada o Twitter suspendeu a conta da influenciadora conservadora Allie Beth Stuckey, do canal Blaze Media. A razão da punição foi que Allie se referiu à levantadora de peso Laura Hubbard, que é transgênero (nasceu homem) e competiu nas Olímpiadas de Tóquio na categoria feminina, como sendo “um homem”.

“A desqualificação de Hubbard no evento não torna sua inclusão justa. Ele ainda é um homem, e os homens não deveriam competir contra as mulheres no levantamento de peso”, escreveu Allie, segundo matéria do Daily Wire.

Para o twitter, a influenciadora violou suas normas na categoria de “discurso de ódio”.

O twitter impôs uma condição para que Allie Beth tivesse a conta reativada: que apagasse a mensagem acima e outra na qual ela escreveu que “ele é um cara de meia-idade com sobrepeso que ainda se classificou para as Olimpíadas dizendo que é uma mulher, então eu realmente não acho que você tenha um argumento válido [que a perda de Hubbard prova que os homens biológicos não têm uma vantagem competitiva] aqui.”

Allie comentou o caso depois:

“Acredito que todas as pessoas, não importa sua identidade declarada, são feitas à imagem de Deus e, como tal, têm grande valor. Mas não vou afirmar a ilusão de que é possível um homem virar mulher ou vice-versa. Eu defendo a justiça, a segurança e os direitos das meninas e mulheres. Isso significa reconhecer as diferenças biológicas entre os sexos. Eu nunca, nunca vou ceder um centímetro nisso.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: