Cantora se revolta com revista que a chamou pelo pronome feminino e não pelo seu preferido

A cantora pop Halsey, que no início do ano anunciou que gostaria de ser chamada pelo pronome feminino “she” (ela) e o plural de terceira pessoa “they” (eles/elas), revoltou-se com a revista Allure, que usou apenas o “she” ao mencioná-la.

“Ei [Revista Allure]. Primeiro, seu escritor fez um ponto focal na minha história de capa, meus pronomes, e vocês os desrespeitaram deliberadamente ao não usá-los no artigo”, disparou Halsey em um tweet já deletado, segundo a reportagem do jornal inglês Daily Mail.

A revista sentiu a pressão e acabou se desculpando pelo “erro”. Em sua conta oficial do twitter, a Allure escreveu que “ouvimos seu feedback e você está absolutamente certa: nós estragamos tudo. Estamos ajustando nossa história de capa com Halsey para usar os pronomes “ela” e “eles”.”

O portal Breitbart lembrou que Halsey faz parte de um grupo crescente de celebridades que optaram por pronomes diferentes do sexo biológico com que nasceram. Essa tendência é o resultado da chamada “ideologia de gênero”, que defende a irrelevância do gênero biológico das pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: